banner

Ejes Principales

Featured Image

La Iniciativa Regional para el Reciclaje Inclusivo (IRR) ha trabajado en 17 países de América Latina y el Caribe bajo cuatro ejes principales:

[bc_group]

[bc_collapse title=”Proyectos Estratégicos” open=”n” class=”proyectos”]Desarrollar proyectos estratégicos que articulan actores públicos y privados con las organizaciones de los recicladores para establecer y consolidar esquemas de Gestión Integral de Residuos Sólidos (GIRS) que reconozcan al reciclador y lo integren como actor clave en el sistema.

[/bc_collapse]

[bc_collapse title=”Colaboración y Capacitación” open=”n”]Incrementar las capacidades y la colaboración entre actores en el mercado del reciclaje, mediante:

  • – El desarrollo de actividades de intercambio y formación para recicladores, funcionarios gubernamentales, organismos no gubernamentales y empresas privadas.
  • – La provisión de asistencia técnica a gobiernos (nacionales, regionales o municipales) en el desarrollo de políticas públicas de GIRS con la inclusión de los recicladores.
  • – La promoción de la firma de acuerdos de colaboración entre instituciones regionales en el marco de la IRR.

[/bc_collapse]

[bc_collapse title=”Conocimiento y Aprendizaje” open=”n”]La IRR apoya el desarrollo de herramientas que faciliten el proceso de inclusión de recicladores y la divulgación de modelos de negocio y casos de estudio exitosos. En este sentido, se genera, captura y sistematiza el conocimiento de los proyectos de la Iniciativa Regional para el Reciclaje Inclusivo, así como otros proyectos de los socios de la iniciativa.

[/bc_collapse]

[bc_collapse title=”Comunicación” open=”n”]El desafío de seguir extendiendo el reciclaje inclusivo en la región requiere la incorporación de nuevos socios para construir una plataforma amplia de actores. Esta plataforma permite que los actores continúen trabajando de forma coordinada para integrar a más recicladores a la cadena de valor del reciclaje. En este sentido, comunicar y resaltar la contribución de los recicladores a la GIRS y a la cadena de valor de reciclaje en América Latina y el Caribe es clave.

Adicionalmente, la IRR busca que el público reconozca a los recicladores como actores económicos que desempeñan un servicio público contribuyendo a la sociedad y protección del medio ambiente. De igual manera, se busca asegurar la sostenibilidad de la Iniciativa y la transversalización del reciclaje en la industria y en los servicios municipales.

[/bc_collapse]

[/bc_group][:en]The Regional Initiative for Inclusive Recycling (IRR) has worked in 17 Latin American and Caribbean countries under the following four main principles:

[bc_group]

[bc_collapse title=”Strategic Projects” open=”n” class=”proyectos”]

Develop strategic projects that connect and articulate waster pickers’ organizations with municipal/regional governments and private companies involved in the recycling value chain. The objective of these projects is to establish and consolidate Integrated Solid Waste Integral Management (ISWM) schemes, which recognize the role of recyclers and integrates them as key players in the system.

[/bc_collapse]

[bc_collapse title=”Collaboration and Training” open=”n”]

Increase the capacities and collaboration between stakeholders in the recycling market, by:

  • – Developing and conducting exchange and capacity building programmes for recyclers, government representatives, non-governmental organizations and private companies.
  • – Providing technical assistance to municipal, regional and national governments in the development of ISWM public policies with the inclusion of recyclers.
  • – Promoting the formalization of collaboration agreements within the IRR framework.

[/bc_collapse]

[bc_collapse title=”Knowledge and Learning” open=”n”]

Develop tools to facilitate recyclers’ inclusion in the market and the dissemination of business models and successful case studies. Generate, capture and systemize knowledge of projects belonging to the Regional Initiative for Inclusive Recycling, as well as of other projects related to the initiative.

[/bc_collapse]

[bc_collapse title=”Communication” open=”n”]

Building awareness and continuing extending inclusive recycling in the region requires the participation of new partners to build a broad and solid platform of stakeholders. This platform allows the actors to continue working in a coordinated way to integrate more recyclers into the recycle value chain. Therefore, communicating and highlighting the contribution of recyclers to the ISWM schemes and the recycling value chain in Latin America and the Caribbean is key.

Additionally, the IRR works towards achieving public recognition for waste pickers as a valuable part of the economic cycle who perform a public service by positively contributing to society and environmental protection. Similarly, it seeks to ensure the sustainability of the initiative and to mainstream recycling in industrial and municipal services.

[/bc_collapse]

[/bc_group]
[:pb]A Iniciativa Regional para a Reciclagem Inclusiva (IRR) vem trabalhando em 14 países da América Latina e o Caribe, e seus eixos principais são:

[bc_group]

[bc_collapse title=”Projetos Estratégicos” open=”n” class=”proyectos”]

A Iniciativa procura transferir modelos bem sucedidos de inclusão financeira entre os países da região, e também através do desenvolvimento e financiamento de projetos estratégicos de reciclagem inclusiva.

No período de 2011 a 2015, a iniciativa financiará de 4 a 6 projetos estratégicos que integrarão os recicladores nos serviços de GIRS (Gestão Integrada de Resíduos Sólidos). Até o momento foram aprovados 4 projetos no Chile, Brasil, Panamá e no México. Sendo que 3 desses projetos já estão em andamento.

Esses projetos serão construídos através das alianças entre as organizações do catadores com os Governos Municipais e Regionais, além das empresas do setor privado que estão envolvidas com as cadeias de valor da reciclagem.

Um exemplo desse trabalho pode ser observado no projeto que foi implementado no Chile: Governo, Empresa e Catadores buscando melhorar as condições de trabalho de 400 catadores, aumentando sua média de remuneração anual, por meio dessa parceria bem sucedida entre os centros de reciclagem em 4 municípios de Santiago.

No Brasil estão trabalhando em um projeto que Apoia os Sistemas de Separação na Fonte em 11 municípios de Minas Gerais onde tem a participação dos Governos Municipais, e com 439 catadores de 18 associações para consolidar os sistemas de coleta seletiva.

Através do Programa de Reciclagem de Resíduos em Guna Yala no Panamá, a iniciativa procura desenvolver um sistema de GIRS em quatro comunidades localizadas no Município de Guna Yala onde 2.000 pessoas serão beneficiadas, além do incentivo de negócios comunitários de reciclagem inclusiva. Esse projeto está sendo executado pelo Massachusetts Institute of Technology pela Associação Nacional de Preservação da Natureza (ANCON, sigla em Espanhol), e o Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento de Kuna Yala (IIDKY, sigla em Espanhol).

E finalmente no México, a iniciativa busca a integração de 1.800 catadores no sistema formal de  GIRS para incrementar a sua remuneração, e aumentar a reciclagem de PETs e de alumínio conforme o Sistema de Reciclagem Inclusiva de Torreón.

[/bc_collapse]

[bc_collapse title=”Colaboração e Treinamento” open=”n”]

Fortalecer o conhecimento, as capacidades e a colaboração entre as pessoas que atuam no mercado de reciclagem. No período de 2011 a 2015, a Iniciativa Regional para Reciclagem vem buscando:” – esta frase solo tiene sentido hasta deciembre, porque habla em el presentante de las acciones que están em desarrollo;

“Gerar oportunidades de participar em programas de formação técnica para, pelo menos, 2.000 catadores.” y “Promover a assinatura de acordos de colaboração entre, pelo menos, 70 Instituições regionais no quadro da IRR.”

Da mesma forma, buscamos realizar atividades de intercâmbio e formação para os catadores, funcionários governamentais, órgãos não governamentais e empresas do setor privado, assim como procuramos proporcionar assistência técnica para os Governos em desenvolvimento de políticas públicas de GIRS com a inclusão de catadores.

Atualmente, os seguintes resultados estão em destaque:

  • Formação de 570 catadorese a formalização das suas organizações em projetos de reciclagem inclusiva realizados no Chile, Paraguai, equador, Guatemala, República Dominicana, Nicarágua e na Costa Rica.
  • Na Guiana houve um intercâmbio com o catador Brasileiro, Sebastião dos Santos que fez um processo mais dinâmico de formalização da sua organização, resultando na assinatura de acordos de venda com a indústria.
  • A formação de 270 funcionários municipais em fóruns municipais realizados na Bolívia, Peru. A IRR proporcionou assistência técnica para os Governos nacionais na Colômbia e na Nicarágua para o desenvolvimento das políticas públicas d GIRS, e para o Governo regional de Piura no Pru para a implementação da Campanha Zero Lixo (BasuraCero).

Em resumo, a IRR apoiou atividades de intercâmbio e formação beneficiando a 570 catadores, 270 funcionários municipais em 9 países, apoiou 2 Governos nacionais, 1 Governo regional, e 2 Governos municipais no desenvolvimento de políticas públicas inclusivas de GIRS.

[/bc_collapse]

[bc_collapse title=”Conhecimento e Aprendizagem” open=”n”]

Gerar, captar e sistematizar o conhecimento dos projetos da Iniciativa Regional para a Reciclagem Inclusiva, assim como outros projetos dos sócios da iniciativa.

Entre 2011 e 2015, a IRR procura gerar guias de boas práticas, estudos de caso, modelos de negócio e estudos setoriais de materiais recicláveis. Até o momento, surgiram três publicações importantes:

  • Estudo de reciclagem Inclusiva na América Latina e no Caribe, um estudo que compara as condições para a reciclagem inclusiva m 15 países da região com um modelo ideal para a reciclagem.
  • Desenvolvimento de Planos de Inclusão para os Catadores Informais: Um Guia operacional que proporcionará uma metodologia para o desenvolvimento e implementação de planos de inclusão de catadores trabalhando nos aterros no marco dos projetos de fechamento ou reconversão desses depósitos de lixo em aterros sanitários.
  • Gênero e Reciclagem: Ferramentas para o desenho e a implementação de projetos que contribui para a integração de gêneros nas diferentes fases do ciclo do projeto desde o desenho até a sua avaliação.

Desde o início, a IRR vem realizando seminários nacionais de reciclagem inclusiva no México, na Colômbia, Costa Rica e no Equador, assim como vem participando também nas conferências anuais, tais como a CRS Américas 2011 e 2012, Expo Catadores em 2012 e 2013. Organizou uma reunião junto com a Aliança Global de Reciclagens e Desenvolvimento Sustentável (Global Alliance for Recycling and Sustainable Development), assim como o painel online “Be Wastewise”
[/bc_collapse]

[bc_collapse title=”Comunicação” open=”n”]

Comunicar e destacar as contribuições dos catadores para a GIRS, e a cadeia de valor de reciclagem na América Latina e no  Caribe.

Entre 2011 e 2015, a intenção é que o público reconheça os catadores como agentes econômicos que desempenham um serviço público contribuindo com a sociedade e com a proteção ao meio ambiente. Da mesma forma, a intenção é garantir a sustentabilidade da iniciativa e a integração de gêneros na indústria da reciclagem, e nos serviços municipais.

Para isso, a IRR está implementando um Plano Estratégico de Comunicação para divulgar os resultados da iniciativa, e promover uma ampla discussão do tema nos meios de comunicação, pretendemos realizar campanhas de posicionamento dos catadores em 5 países da região.

[/bc_collapse]

[/bc_group]

Scroll Up
IRR - Iniciativa Regional para el Reciclaje Inclusivo